link rel=alternate type=application/rss+xml title=RSS-Feed href=http://www.sindicatocp.org.br/index.php?id=10type=100 /

Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 20.05.2020 16:08
Categoria: Notícias em Foco

Sindicatos discutem trabalho durante feriados com Fenaban


O Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, a Federação dos Bancários de SP e MS (FEEB), a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de SP (Fetec) e a Contraf-CUT se reuniram nesta quarta-feira (20) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), por videoconferência, para discutir a abertura das agências durante os feriados antecipados por prefeituras e pelo governo estadual.

As federações estaduais e a confederação nacional, que representam os sindicatos bancários, propuseram à Fenaban adesão aos feriados, que têm com objetivo prioritário impedir a disseminação da COVID-19. A Fenaban disse que seria inviável reprogramar o sistema em curto período.

Para a presidente do Sindicato, Stela, que participou da videoconferência, o momento exige esforços de todos. “Em tempos de pandemia do novo coronavírus é preciso somar forças em defesa do distanciamento/isolamento social”. Diante da negativa dos bancos, "os sindicatos reivindicaram o pagamento dos ‘feriados trabalhados’ como horas extras, em conformidade a legislação", esclarece a presidente do Sindicato.

Feriados em Campinas

Em Campinas, a proposta da prefeitura é antecipar os feriados de Corpus Christi (11/6) e Dia da Consciência Negra (20/11) para os próximos dias 26 (terça-feira) e 27 (quarta-feira). O projeto de lei tramita na Câmara Municipal. Se aprovado, serão três dias de feriados em Campinas, uma vez que o governo estadual propôs a antecipação do feriado de 9 de Julho (Movimento Constitucionalista) para o dia 25 deste mês. Na capital, a prefeitura antecipou os feriados de Corpus Christi e Dia da Consciência Negra para hoje (20) e amanhã (21).

Fale com Sindicato

Qualquer dúvida sobre os feriados e as medidas adotadas para enfrentar a pandemia, ligue ou para o Sindicato.

 


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*