link rel=alternate type=application/rss+xml title=RSS-Feed href=http://www.sindicatocp.org.br/index.php?id=10type=100 /

Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 10.06.2019 11:27

Dia 12, assembleia no Sindicato discute e vota participação da categoria na GREVE GERAL


15 de maio de 2019: Ato em defesa da educação pública reúne mais de 6 mil pessoas no Centro de Campinas

O Sindicato realiza nesta quarta-feira, 12 de junho, assembleia para discutir e votar a participação da categoria na greve geral, a ser deflagrada na sexta-feira (14). A assembleia terá início às 18h30, na sede em Campinas. Convocada pelas centrais sindicais durante o 1º de Maio deste ano, a greve geral é contra a reforma da Previdência (Proposta de Emenda à Constituição/PEC 6), apresentada pelo governo Jair Bolsonaro no último dia 20 de fevereiro.

Em preparação à greve geral, trabalhadores e estudantes ocuparam o Largo do Rosário e ruas em Campinas, em dois momentos: no dia 15, mais de 6 mil pessoas participaram do ato contra o bloqueio e cortes de verbas para universidades e institutos federais, educação básica, ensino técnico e suspensão de bolsas de pesquisa, anunciados pelo governo Jair Bolsonaro, em abril último. No dia 30, trabalhadores e estudantes voltaram ao Largo do Rosário em nova jornada de luta em defesa da educação pública e contra a reforma da Previdência. As duas manifestações foram encerradas com passeatas. No país, nos dias 15 e 30 de maio, manifestações em várias cidades, incluindo todas as capitais e no Distrito Federal.

A greve geral é convocada pelas seguintes centrais sindicais: Força Sindical, CTB, Intersindical, CSP-Conlutas, CGTB, Nova Central, CSB, e CUT.

Greve geral: Em 2017, os sindicatos coordenaram duas greves gerais contra as reformas da Previdência (PEC 287) e Trabalhista; ambas foram propostas pelo governo Michel Temer. A primeira greve geral naquele ano foi no dia 28 de abril; a segunda, no dia 30 de junho.

Privatização da Previdência

A reforma da Previdência em tramitação na Câmara dos Deputados adia a data da aposentadoria, exige maior número de contribuições, reduz os valores dos benefícios e restringe o acesso. A anunciada “Nova Previdência” representa o fim da seguridade social, prevista na Constituição Federal, ao propor a substituição do sistema de repartição (quem está na ativa sustenta quem está aposentado) pelo regime de capitalização (contas individuais). É a privatização da atual Previdência Social.

As mudanças previstas na PEC 6, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), “ameaçam substituir os princípios de solidariedade, universalidade e provimento público de proteção social, que hoje alicerçam o sistema, por princípios baseados no individualismo, na focalização das políticas públicas e na privatização da previdência”.

“Esquenta greve geral”: passeatas em defesa da educação pública e contra a reforma da Previdência (PEC 6). Acima, passeata no dia 15 de maio; no destaque, passeata no dia 30 de maio

----------------------------------------------------------------

EDITAL ASSEMBLEIA GERAL

EXTRAORDINÁRIA

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Campinas e Região, inscrito no CNPJ/MF sob o n.º 46.106.480/0001-70, registro sindical n.º 006.132.02541-7, por seu presidente abaixo assinado, convoca todos os empregados em estabelecimentos bancários dos bancos públicos e privados, sócios e não sócios, da base territorial deste sindicato, dos municípios de Aguaí, Águas de Lindóia, Águas da Prata, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Cabreúva, Campinas, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itapira, Itatiba, Jaguariúna, Lindóia, Louveira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Morungaba, Monte Mor, Monte Alegre do Sul, Nova Odessa, Pedreira, Paulínia, Santo Antonio do Jardim, Santo Antonio de Posse, São João da Boa Vista, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Valinhos e Vinhedo, para a assembleia geral extraordinária que se realizará no dia 12 de junho de 2019, às 18:00h, em primeira convocação, e às 18:30h, em segunda convocação, no endereço da sede do sindicato à Rua Ferreira Penteado, n.º 460, Centro, Campinas-SP, para discussão e deliberação acerca da seguinte ordem do dia: Deliberação acerca de paralisação das atividades no dia 14 de junho de 2019.

Campinas, 27 de maio de 2019

Ana Stela Alves de Lima, Presidente

----------------------------------------------------------------

Edital publicado na edição nº 1562 deste jornal (27/05/2019)


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*