Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 03.08.2017 00:00

CCT para todos, decide 19ª Conferência


Reunidos na 19ª Conferência Nacional, os bancários/delegados aprovaram no último dia 30 o plano de lutas da Campanha deste ano e elegeram como prioridade a aplicação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para todos os trabalhadores do ramo financeiro. Realizada no Hotel Holiday Inn Anhembi, em São Paulo, desde a última sexta-feira (28), a 19ª Conferência reuniu mais de 690 delegados; entre eles,10 da base do Sindicato.

A defesa da contratação e do emprego em tempos de crescente digitalização dos serviços bancários e da concentração do sistema (fusões e incorporções), segundo decisão aprovada pela 19ª Conferência, passa por ampla mobilização da categoria para exigir dos bancos o debate da aplicação da lei sobre terceirização irrestrita (13.429/17), bem como da lei que prevê a redução de direitos e flexibilização das relações de trabalho (13.467/17); a chamada reforma trabalhista aprovada pelo Senado no último dia 11. E mais: garantir a realocação de funcionários atingidos por processos de reestruturação e aperfeiçoar as cláusulas de combate às metas abusivas.

Além da aplicação da CCT para todos, que deve ser assegurada em Termo de Compromisso, a ser assinado pelo Comando e Fenaban, o plano de lutas aprovado contempla mais quatro eixos: defesa dos bancos públicos (construir apoio junto a sociedade civil); defesa dos direitos sociais (Sistema Único de Saúde/SUS e apoio às candidaturas comprometidas com as propostas dos trabalhadores nas eleições de 2018); defesa do sindicalismo do ramo financeiro (incluir a representação dos terceirizados, entre outros contratados); e ações de resistência (antecipar a 20ª Conferência para maio de 2018; campanha unificada com categorias com data-base no segundo semestre).

Documento a Fenaban

A 19ª Conferência aprovou também documento a ser encaminhado à Fenaban, onde o Comando deve manifestar discordância sobre vários temas; entre eles:, terceirização sem limite, contrato individual, contrato temporário, contrato intermitente, e contrato sobre o teletrabalho (home office) sem negociação com os sindicatos.

Mesas temáticas

As reuniões das mesas de saúde, segurança, igualdade de oportunidades e prevenção de conflitos, nos meses de agosto e setembro, devem ser precedidas de manifestações nos locais de trabalho.

Delegados: A 19ª Conferência reúniu mais de 690 delegados; entre eles, 10 da base do Sindicato: Carlos Augusto (Pipoca), Cézar, Cida, Gustavo, Lourival, Marcelo, Marcos Eduardo, Mauri, Patrícia e Stela.

Esclarecimento: Neste ano, a Campanha Nacional não irá discutir o tema remuneração (reajuste salarial). A Convenção Coletiva de Trabalho, assinada no ano passado, tem validade de dois anos. Dentre outros pontos, a CCT garante reposição da inflação (setembro de 2016 a agosto deste ano), aumento real de 1% e manutenção da PLR.

Acima: Integrantes da tendência Unidade Sindical na 19ª Conferência.

Fotos: Júlio César Costa


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*