Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 12.06.2017 10:37
Categoria: Financeiras

Conferência de financiários define estratégia de luta


Reunidos na 2ª Conferência Nacional, entre os dias 1º e 3 deste mês de junho em São Paulo, os financiários decidiram mapear e identificar os trabalhadores do segmento dentro do sistema financeiro. As diretoras do Sindicato Vera Moreira e Fátima Domingues participaram da Conferência.

Segundo estudo apresentado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, em dezembro de 2015 existiam 7.321 financiários no país; ou seja, 0,8% do total do emprego no sistema financeiro formal (869.165) naquele ano. Porém, o citado sistema deve reunir mais de 1,5 milhão de trabalhadores, estima o Dieese. Dentro desse universo, uma parcela significativa exerce a função de financiário, mas é contratada como promotor de venda ou comerciário.

Avaliação

Para a diretora Vera Moreira, “é fundamental que os sindicatos localizem esses trabalhadores. Posteriormente, a tarefa será viabilizar a representação e a sindicalização. Entre as principais bandeiras de luta, os mesmos direitos dos financiários”.

Negociação

A Convenção Coletiva de Trabalho, assinada no ano passado, tem validade de dois anos. Quer dizer, neste ano não haverá Campanha para renovação da CCT. Os sindicatos, no entanto, querem abrir processo de negociação com a Fenacrefi (Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento). Na pauta, bolsa de estudo, parcelamento do adiantamento de férias e unificação da data-base com os bancários, passando de 1º de junho para 1º de setembro.


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*