Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 27.04.2017 10:08
Categoria: Saúde, Notícias em Foco

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes no Trabalho


Criado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2003, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças Relacionadas ao Trabalho (28 de abril) homenageia os trabalhadores mortos, acidentados ou adoecidos em virtude do trabalho e visa conscientizar a sociedade da importância da prevenção de acidentes e doenças ocupacionais. A data lembra os 78 trabalhadores mortos durante explosão de uma mina, no estado da Virgínia (Estados Unidos), no dia 28 de abril de 1969.

No Brasil, o número de acidentes e doenças do trabalho caiu em 2014 em comparação com 2013, segundo dados divulgados pelo Ministério da Previdência Social. Em 2014 a Previdência registrou 704 mil acidentes de trabalho, 3% a menos que em 2013, porém isso não significa necessariamente que os acidentes ou adoecimentos estão diminuindo. A diferença é devida as subnotificações; ou seja, quando o benefício ou afastamento concedido pelo INSS não vincula a doença ou acidente com o trabalho.

Em relação à categoria bancária, o número de adoecimentos por transtorno mental cresce a cada ano em decorrência das metas abusivas e do assédio moral. Os sindicatos buscam discutir o problema com os Bancos, mas sem avanço até o momento. Uma conquista da categoria, vale destacar, é o Programa de Desenvolvimento Organizacional para Melhoria Contínua das Relações de Trabalho (cláusula 59ª da Convenção Coletiva de Trabalho).que busca reduzir as causas de adoecimento dos bancários.

Para a diretora de Assuntos de Saúde do Sindicato, Deborah Negrão de Campos, a classe trabalhadora vive um momento de “intensos ataques aos direitos sociais, seja via reforma trabalhista ou com a nova lei das terceirizações, que permite a contratação de trabalhadores terceirizados para todos os setores das empresas, inclusive da atividade-fim. Resultado: precarização, insegurança no ambiente de trabalho; aumento do risco de acidentes. Triste”.

 


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*