Login

Informe seu login e senha para acessar a área restrita:

Login:
Senha:
 
Data: 29.11.2016 14:01
Categoria: Notícias Gerais, Demais Bancos

Sindicato participa de negociação de PPR com o China Construction Bank


A Contraf-CUT, Sindicatos, Federações e o Sindicato dos Bancários de Campinas e Região, representado pela Diretora Vera Lúcia Moreira, participaram da reunião com representantes do China Construction Bank (antigo Banco BIC), na última quinta-feira (24), em São Paulo, para discutir o Programa Próprio de Remuneração (PPR). O grupo também discutiu quais são os planos de expansão do banco e a perspectiva de geração de empregos para o próximo ano.

Na reunião, os representantes anunciaram o interesse de atuar mais forte no Brasil em 2017 e declarou que apesar do prejuízo não tem planos de deixar o país. Desde a compra do BIC, os resultados obtidos foram ruins, período que coincide com a crise econômica. Para o próximo ano, o China Construction Bank  já acredita que diminuirá o prejuízo e até vislumbra perspectivas de lucro.

Na negociação, o banco propôs R$ 3 mil de PPR. A Contraf-CUT, Sindicato dos Bancários de Campinas, Sindicatos e Federações, presentes na reunião, reivindicaram em cima da proposta a correção de 8% equiparado ao reajuste da categoria, chegando assim, no valor de R$3.240,00, mais o valor da cesta-alimentação, de R$ 565,28. A cesta, que é uma inclusão deste ano, já foi paga no dia 28 de novembro. “A cesta é uma conquista do movimento sindical”, reforçou a diretora Vera Lúcia.

O cenário brasileiro é ruim e o banco alega prejuízo pelo terceiro ano seguido, após a compra do BIC, mas se comprometeu a levar as reivindicações à direção central chinesa. O China Construction Bank acompanhou o acordo da Fenaban na Campanha Nacional 2016 e tem condições de valorizar seus funcionários no PPR”, explica Jair Alves, coordenador da mesa de negociação com o banco.

Os representantes dos trabalhadores também aproveitaram a reunião para debater acordo no mesmo formato para os financiários da CCB Brasil-Financeira, que faz parte do grupo, sendo R$1.500,00 de PPR, mais o valor da cesta-alimentação, de R$530,76.

O banco ficou de dar o retorno sobre as reivindicações até esta semana, no dia 30 de novembro, quarta-feira.

Emprego

Durante a negociação, o banco China Construction Bank afirmou que os planos do banco são de expansão, sem perigo de demissões e fechamento de escritórios no Brasil. Atualmente, o banco conta com 32 agências, com 690 funcionários no Brasil, sendo 400 locados só em São Paulo.

“Cobramos um indicativo do banco para 2017. A resposta que nos deram é que o banco deve apresentar melhor resultado a partir do ano que vem e que não há nenhuma intenção de demitir funcionários. É o que esperamos, também reivindicamos a ampliação de vagas em todo o país”, conclui Jair Alves.

Foto: Contraf

 


Imprimir       Enviar por email

Comentários

Sem comentários


Adicionar comentário

* - campo obrigatório

*




Imagem CAPTCHA para prevenção de SPAM
Se você não conseguir ler a palavra, clique aqui.
*
*